nav-left cat-right
cat-right

Quando o amor acaba

Até algum tempo atrás eu ainda acreditava em contos de fadas e no velho “e viveram felizes para sempre”. Hoje ainda acredito ser possível, mas isso é para poucos. Na vida, muitas vezes gostamos de uma pessoa com todas as nossas forças, mas aos poucos esse amor vai se esfriando, se apagando, até se tornar uma amizade ou simples comodidade. O culpado disso? Não, não é nem um nem outro. Faz parte da vida, só isso. Vários fatores colaboram: o tempo, a rotina, a convivência, enfim, a vida em si.

Chega então o dia em que o homem ou a mulher (quando não os dois) sente apenas um carinho pela outra pessoa, e não mais aquele fogo, aquela paixão arrebatadora. Fica o carinho e o respeito. A partir desse momento, essa pessoa começa a sentir o irreversível desejo de se apaixonar novamente. De sentir um frio na barriga, de suar frio, de tremer quando se aproxima da pessoa desejada.

Na minha opinião, todos temos o direito de sermos felizes, de estar com uma pessoa que gostamos e que nos traz a alegria de viver. Se um amor chegou ao fim, cabe aos dois seguirem suas vidas, cada um para o seu lado, e começarem a jornada em busca da felicidade. Nunca é tarde para encontrar o amor. Pode-se achá-lo desde a mais tenra idade ou até mesmo depois dos 60. E por quê não? Por que se privar da felicidade? Sempre é tempo de recomeçar, e a vida dos dá todas as oportunidades de pegar o passado, espremê-lo, tirar-lhe todas as situações de aprendizado e seguir em frente, de cabeça erguida em busca daquilo que queremos.

Claro que nem sempre é fácil uma separação. Para um casal de namorados, fica um pouco de dor que logo passa e a vida continua. Para quem casou, é um pouco mais complicado. Para quem tem filhos, então é mais difícil ainda. Mas ainda assim, reitero, se o relacionamento não traz mais felicidade, de nada adianta seguir com ele. Só vai trazer mais angústia e sofrimento. Mesmo que seja muito complicado o processo de separação, talvez este seja o passo principal para que ambos possam começar a ter aquela velha alegria de volta.

Apesar de não ter tanta experiência assim no assunto, eu mesmo posso servir de exemplo. Há algum tempo, gostei muito de uma pessoa, fiz algumas “loucuras” em nome desse amor. Passado pouco tempo, eis que ela decidiu não querer mais ficar comigo. Devo dizer que as coisas já não andavam tão bem como antes, mais por ela do que necessariamente por mim. Então a convivência já não era tão boa quanto antes. Após o rompimento, sofri bastante, me vi em situações muito difíceis, dias haviam em que eu me sentia perdido. Mas conforme os dias foram passando, o tempo foi me mostrando que a situação em que eu estava não me trazia felicidade, era talvez uma ilusão, e apesar de toda a dor e sofrimento, eu diria que foi a melhor coisa que me aconteceu. E com toda a certeza hoje estou muito melhor que naquela época.

Então, encarar todo fim como sendo um novo recomeço faz com que as coisas não pareçam tão difíceis e assustadoras. Traz, inclusive, um sentimento de felicidade e esperança. Fomos feitos para amar e ser feliz e para isso que devemos viver, buscando o melhor para a nossa vida, sempre. Lembrando que sempre é hora de ser feliz, nunca, mas nunca é tarde demais. Temos sempre um novo dia pela frente, e devemos vivê-lo da melhor maneira possível. Uma frase que eu gosto muito de dizer é “It is never too late” (nunca é tarde demais).

78 comentários para “Quando o amor acaba”

  1. Eana says:

    Olá, existe um livro M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-O que fala sobre o Amor de uma forma extremamente profunda e vai no cerne do que significa o AMOR. Leia o conto “Mulher-esqueleto” do livro da Clarisse Pinkola Estes do livro “Mulheres que correm com os lobos”. É perfeito! Por experiência própria, posso assegurar que se você quer amar profundamente, quer viver pra sempre com uma pessoa e ser feliz, você consegue se tiver disposto a viver “inúmeros finais e recomeços dentro da mesma relação”. As pessoas sempre vão se apaixonar e desapaixonar isso é do movimento naural da vida. Quem fica junto quando o banquete acaba, é extremamene recompensado com a volta da paixão.Um relacionamento é duradouro não porque os amantes estão apaixonados em todos os momentos, mas porque eles aceitam os altos e baixos da relação, não são como as pessoas que só querem a parte boa e quando acaba vai atrás de outra pessoa/algo que preencha o vazio do relacionamento anterior. Quem encara os baixos da relação é totalmente recompensado com os altos que estão por vir. É estar junto pro que der e vier.Não há como escapar, pulando de galho em galho ou estando com aquela pessoa especial a fase do declínio é inevitável, assim como o retorno de uma paixão renovada. Por isso que o Amor verdadeiro é eterno porque ele significa estar disposto a amar várias vezes a mesma pessoa.E a gente só consegue isso quando atravessa as intempéries, apesar de todo o medo dessa face do amor e a consequente vontade de fugir. Desejo que todos encontrem aquela pessoa maravilhosa, por quem tudo valha à pena pela união de vocês, aí descobrirão o AMOR.

  2. Julia says:

    Estou vivendo um término de namoro recente e estou muito mal. Ficamos 1 anos juntos, um namoro tranquilo, nada muito afogador, mas éramos grandes companheiros e cumplices da vida. Ele arrumou outra pessoa e escondeu de mim, descobri depois de algumas semanas. Fiquei mal pelo modo como agiu, não admiti ser traida, ele ainda quiz contornar a situação e continuar comigo, mas não estou conseguindo, para mim, o amor é algo tão puro, sincero e gostoso que não cabe traição, acredito que fiquei e me entreguei com a pessoa errada. Mas como dizer isso para meu coração que está ferido em mil pedaços?

  3. Cristiane says:

    Estou pasando por uma separação faz um ano que estamos separado de corpos.
    gostei muito do primeiro comentário.

  4. ROBERT says:

    Separações é o nosso grande mal, Tenho 37 anos, sou casado e tenho uma filhinha, minha esposa sempre foi daquelas que não procurava, não dava carinho, pensei que com o tempo poderíamos nos entender, nos primeiros anos de nosso casamento mudamos para uma cidadezinha perto da capital federal onde vivíamos de certa forma até bem, quando voltamos para nossa “terra” em minas, parece que as coisas e o relacionamento começou a deglincolar, acredito eu que ela passou a trabalhar e não soube conciliar todos as coisas, ou seja, não conseguiu mais tempo para seu marido.
    Um dia em uma de nossas conversas perguntei quais seriam suas prioridades, ela me respondeu assim: minha filha, meu trabalho, as coisas da igreja, e outras coisas mais que não estou me lembrando; sendo assim o nosso casamento não entrou na lista de prioridades que ela traçõu.
    Ela veladamente me propôs que levassémos uma vida de aparências, explicando, queria que fossémos um casal para os outros e não para nós, fiquei estarrecido, pois, sendo ela uma pessoa de dentro da igreja sabedoura do significado do casamento, e me propor tal coisa fiquei surpresso.
    Atualmente ela só me dirige a palavra quando: precisa por gasolina no carro, tem que ir no supermercado esse tipo de conversa.
    Na tarefas domésticas eu ajudo, limpo casa, lavo prato, lavo banheiro, limpo sujeiras do cachorro e algo mais, quando ela chega em casa parece que fica procurando alguma coisa que não esteja certo para infernizar minha vida….
    Sei que aqui devemos comentar os problemas das pessoas que nos pedem auxílio, apoio, no entanto, como podemos observar têm pessoas com problemas muito maiores que os nossos.
    Não sei o que fazer?????

  5. raquel says:

    seriamento passamos por momentos indesejavéis em nossa vida, quando acaba o amor, fica apenas o respeito, e a responsabilidade em crias os filhos, porém aquela paixão se acaba, as vontades de sentir prazer ao lado de seu parceiro ja não existe mais..é o meu caso, casei aos 15 anos fiquei gravida, hje stou com 26 anos e não amo mais meu esposo, apenas tenho respeito pela pessoa que ele é, pai presente, me ajuda em casa, mais infelizmente não consgo mais ama-lo…ja tentei de tudo..isso ja faz em média de uns 4 anos que percebo que não amo mais ele, apenas admiro e agradeço pela pessoa que ele é…porém sofro, não sinto prazer ao lado dele, não tenho orgasmo, e quando fazemos sexo..sofro..choro, e sinto uma inutil..o que devo fazer..estou perdida..as vezez passa algo pela minha cabeça que tenho vontade de sair com outro, mais tenho medo de se apaixonar, ou dar algo de errado no hr posso me arrepender..tem hrs que tenho vontade de ficar sozinha,
    alguém poderia me ajudar??/

    • adriano martins says:

      a primeira coisa que vc deve fazer é se separar dele ,pois vc corre o risco de conhecer outra pessoa e se apaixonar por ela ,e acabar traindo o seu marido mas entendo que quando tem filhos td é mas dificiu mas vc tenque conversar com ele

  6. ROBSON says:

    QUANDO O AMOR NAO E CORRESPONDIDO O QUE FAZER?

  7. Robson,
    Talvez a resposta devesse vir em um outro artigo, porque responder a essa pergunta nao é nada simples. Só aquele que ama e não é correspondido sabe o quanto é dolorido. E infelizmente não há uma resposta certa. Mas em poucas palavras, te diria o seguinte:
    Ocupe sua cabeça, e siga em frente. Eu sei o quanto é dificil e dolorido, mas não há outra alternativa. Não é possível obrigar alguém a nos amar. Siga em frente, siga tua vida, pois o tempo é o melhor remédio.
    Grande abraço!

  8. MARY says:

    Moro junto com uma pessoa a 5 meses e de uns dias para cá estamos nos ofendendo.Em uma de nossas brigas que sempre são banais,ele me disse que ele tem problemas e são deles e eu não tenho nada ver com isso,ae eu respondi para ele pensei que estaria do lado de uma pessoa que eu poderia dividir tudo até meus problemas,pedir ajuda e tal,ae tá um clima horroroso dentro de casa.Não consigo mais conversar com ele,pois acho que não vale a pena…. e sempre no final de tudo ele vira pra mim e diz que me ama qu não sabe viver sem mim….oq faço? será que é o fim?

  9. Mary,
    Essa atitude dele, sempre foi assim? Algumas pessoas simplesmente não gostam de se abrir, não gostam de compartilhar os problemas. Inclusive ja namorei alguém assim, e não foi muito legal, porque eu, assim como tu, gosto de conversar e compartilhar, e espero que a outra pessoa também o faça.
    Se isso começou agora, dê um tempo a ele, e ele vai acabar se abrindo. Não acredito que seja o fim, não.
    Grande beijo!

  10. quelzinha says:

    eu acredito que o amor so acaba ,quando um nao apoia o outro,quando nao cuida,quando nao é companheiro.isso acaba com qualquer amor.é triste,muito triste

  11. Sil says:

    …tudo lembra a pessoa, lugares, situações, Amor … terminei um relacionamento gostando da pessoa, acredito que amando, pois faz 7 meses … por um lado era uma pessoa que refletiu coisas erradas para mim, mas eu dei essa condição, geralmente a vida é oq queremos viver … deixei essa pessoa acomodada e no final eu estava sendo prejudicada. Dai a situação fica muito complicada pq há cobrança de vc mesma, por outro lado ele aceitou a situação de se acomodar (que é errado tb), mas voltando ao AMOR … oq sinto agora é oq ?? não tenho raiva, tenho somente lembranças, estou num momento relax da minha vida … e a impressão que tenho é que minha “missão” com ele não acabou, sinto vontade de ajuda-lo, de estar perto, mas … oq ele sentiu por mim era AMOR ??? em todos os documentarios, livros, sites etc falam, AMAR é, respeitar, cuidar, e varias outras coisas do bem. Procuro sim um amor incondicional, estou pronta para recebe-lo mas sra que ele existe ??? Tudo depende de nós !!!

  12. ana says:

    vivo um casamento de 10 anos,ele me prende muito,nao conversa sempre trabalhando ate o sexo que era tao bom acabou conheci alguem na net so falamos no tel e na telinha estou muito envolvida ,mas nao tenho coragem de acabar com meu casamento por que ainda eu o amo mas nao tenho mais sonhos com ele o que faço me ajude me emvie um email estou desesperada .

  13. Alencar says:

    ana,

    Se está encontrando pela NET, as palavras e atenção que não encontra mais no seu companheiro, só posso dizer que: – Está entrando num caminho pra se distanciar ainda mais dele. Neste caso é um tanto contraditório querer reaquecer o seu casamento envolvendo sentimentos “virtuais” com outro. Você sente que o seu companheiro “tem outra” e, como forma de retaliação, procura uma forma de “traição” a distância para não sentir culpa caso esteja errada no seu “julgamento”. Meu conselho: Tenha uma conversa franca com ele, expondo suas duvidas e o convidando para uma solução do problema. Seja pratica, mesmo que isso gere um sentimento de estar abrindo um abismo sob seus pés. Você só vai ter certeza sobre os sentimentos dele e do seu quando iniciar um ambiente claro de “possível” separação. Não tenha medo “O que não te mata, fortacele!”

  14. Néia says:

    Adorei a primeira observação, concordo com tudo…
    e no comentário da Eana, só vou colocar um porém. As vezes dentro de uma relação q vai se desgastando até é muito possivel q se releve a muitos aborrecimentos e nos propomos a amar varias vezes a mesma pessoa…porém tb devemos esclarecer q em uma relação onde o casal não se respeita, infelismente não se tem condiçoes de amar…pq onde não se tem respeito, não a sentimento de amor q resista…

  15. lara says:

    Estou namorando com um rapaz faz 3 anos… Eu sempre amei ele com todas as minhas forças, inclusive perdi muitas coisas só para estar com ele. Mas agora parece que tudo está diferente, quase que não temos tempo um para o outro, quase que não existe conversas decentes, ele diz que me ama e que quer estar comigo, o que eu acredito que seja verdade, mas o que se passa comigo? Já não sei o que pensar, o que lhe dizer, o que fazer para a situação melhorar… Estive com ele há umas horas e desde que ele se foi embora que não consigo parar de chorar, porque sinto que as coisas não estão bem… Se alguém me souber dar algum conselho eu agradecia mesmo, não aguento esta situação.

  16. Vania says:

    Sou casada a 2 anos e meu casamento não está muito bem, sinto que o amor acabou e não sei o que fazer, pois gosto muito da companhia dele e de estar com ele, mas não de ama-lo, acho que é porque antes de nos casarmos ele me contou que me traiu, depois disso o sentimento nunca mais foi o mesmo. Tenho uma filha de 2 anos e me preocupo como ela ficará se nos separarmos. Eu sinto que ele não está feliz e eu também não estou. Alguém me dá um conselho. Please.

  17. Bruno says:

    Terminei um namoro de um ano. Sabe esses relacionamentos que você só vê em novelas e filmes? Foi o nosso. Nossa história é bem complicada. Nos conhecemos através da internet, começamos a namorar sem nos conhecer (fisicamente falando), apenas via webcam. Após poucos meses de namoro resolvi vê-la. Ela mora em outro estado, enfrei 11 horas de ônibus,viajando de madrugada e escondido (pois meus pais nunca iriam entender).Enfim, foram muitos os sacrifícios, de ambos os lados. Sempre fui muito sonhador, idealizava o famoso amor perfeito… E ela era perfeita se não fosse um porém. Desde a primeira vez que a vi, ela nao me agradou fisicamente, nesse momento me vi desesperado, pois ela não era o que eu esperava, mas ja tínhamos 4 meses de namoro intenso via internet. Enfim, nesse mesmo momento lembrei de tudo de bonito que vivemos nesses poucos meses, eu realmente a amava e estava disposto a viver de essencia, não de aparência. Vivemos um ano assim. Sempre ia vê-la escondido, conheci os pais dela, a família. Mas nunca tive aquela atração arrebatadora por ela, trocando em miúdos, nunca tive tesão por ela, nosso sexo era razoável para mim. Mas fora isso, tudo foi muito lindo e mágico até que após um ano de namoro eu me sentia diferente, me incomodava fácil, não sentia atração nenhuma, as vezes que fizemos sexo foram só para agradá-la. Sofri muito quando descobri que não a amava mais, não só pelo fato dela ser uma pessoa maravilhosa, mas também por eu ter apostado da forma mais profunda que alguem poderia apostar num relacionamento. Não foi fácil para mim tormar essa decisão, foi a coisa mais difícil que já fiz. O fato é que fiz, no início do namoro prometi ser sincero sempre, e fui nesse momento. Ficamos arrasados, de início ela me odiou e tudo mais. Eu fiquei muito mal, me sentia culpado, mau caráter. Suportaria tudo no mundo, menos fazê-la sofrer. Reatamos logo depois, mas mesmo assim, só fez constatar que o amor acabou para mim. Mas ela ainda me ama muito. Faz 8 meses que terminei o namoro, mas mesmo assim, não nos deixamos de nos falar (há um ano e oito meses nos falamos TODO DIA, por horas). Eu não me achava no direito de seguir a vida vendo que ela tava infeliz. Decidi que ia cortar o contato aos poucos, pra que a dependência que um tem com o outro diminua e assim ela poderia deixar de me amar. Mas já tem 8 meses que estamos assim. Às vezes ela age como se tivéssemoas namorando ainda. Várias vezes ‘bati a real’, falei tudo de novo. Mas ela diz que quer ficar do meu lado ‘nao importa como’. Que ela vai se acostumar com a ideia de sermos amigos, mas que precisa de mim ao lado dela, apoiando… Confesso que pra mim tb é bom, pois sou muito dependente dela, um rompimento total me faria muito mal, mesmo não a amando mais. Desde então nunca estive com nenhuma garota, não acho justo enquanto ela ainda sofre. Mas depois de alguns dias ela age como se estivéssemos namorando de novo, e então eu ‘bato a real’ novamente e ficamos mal de novo e ela diz que mesmo assim prefere que eu fique ao lado dela, mesmo como amigos. E o processo se repete. Eu a amo muito, quero a felicidade dela acima de tudo, mas essa situação tá me sufocando, eu me sinto preso. Nos falamos todos os dias por horas, mas não consigo diminuir isso. Já pensei várias vezes se ainda a amo, mas concluo que não tenho atração física nenhuma, nenhuma vontade de beijar nem nada. Definitivamente ela não faz o meu tipo. Eu tentei relevar esse fato, mas após um ano, não consegui. Mas também não é só isso. Essa dependência que sinto dela não me faz bem. Às vezes penso que essa situação nunca terá um fim. O que eu queria mesmo é que ela encontrasse um cara legal que dê o valor que ela merece, e aí sim, eu poderei seguir de mente tranquila. Repartilhar isso foi muito importante pra mim, obrigado!!!

  18. talita says:

    Eu sou casada há 11 anos tenho um relacionamento com meu marido há praticamente 15 anos entre namoro e casamento.Eu era uma pessoa super tanquila e compreenssiv em todos os sentidos. em termos de falta d edinheiro falta de tempo qd casei meu esposo só estudava e trabalhava pouco o curso q fazia na faculdade de medicina ocupava maior painuamos juntosrte do seu tempo, entao por isso entendia estas coisas mais com o passar do tempo as coisas foram se desgastando eu ja nao consiguia mais comprender as situacoes nem lidar com elas eu cobrava muito em exesso e muitas brigas aconteciam ele me traiu e disse q queria me deixar lutei com todas as forças para recuperar meu casamento em fim consegui, passei por cima d emuita situacoes super humilhantes mas continuamos juntos e ficamos bem.Desde entao o nosso relacionamento se tornou mais sensato a situacao tb mudou ele tava formado trabalhando e tal melhorou um pouco.mas durante o tempo estamos juntos depois de td q ocorreu ficamos periodos bem e mal tipo sofrendo altos e baixos mas pelo jeito dele ser cada hora esta de um comportamento fui aguentando isto tive outro filho e tal ele fica bem comigo por um tempo depois fica mal… cansei entao resolvi pedir um tempo ele disse q nao era oq queria mas me sinto muito insegura com ele sei q me trai achoq trai,mas na verdade oq quero é ter uma vida feliz do lado dele oq faço para organizar esta situaçao.

  19. janaina costa de oliveira says:

    oi estou penssando seriamente em me separar mas ainda gosto dele sei que nao o amo mas so que tenho muito medo de que vai vi por a frente toda dor sofrimento solidao desespero nao sei o que fazer estou numa duvida cruel e tmb sofrendo muito pois ja nao suporto ficar perto dele mesmo ainda tendo um sentimento por ele que deus me ajude por q a dor que sinto e que sei que vou sentir com essa separaçao e muito ruim .

  20. says:

    Hoje sinto como se meu coração tivesse sido arrancado, é uma dor inenarrável. Tenho um relacionamento há quase quatro e anos e há dois moramos juntos, acontece que eu o amo desde o dia em que nos conhecemos, no início ele me mandava msg de texto todos os dias dizendo que me amava, foi assim durante um ano mais ou menos, sempre me chamou de nomes carinhosos, mas de um tempo pra cá não tem mais isso, o sexo ainda existe pelo fato dele gostar de muito, mas sexo não é amor… Eu sei que quando nos conhecemos rolou um sentimento e tal, mas agora acho que da parte dele acabou, por minha culpa, mas acabou, li a história do Bruno e imaginei que ele pode estar agindo igual, nunca fui bonita, nunca fui magra, mas quando o conheci ele dizia que eu era linda e que sentia muito tesão por mim, mas agora.. me sinto uma gorda horrosa sem perspectiva de nada nessa vida, choro dia e noite e peço a Deus que abrevie esse sofrimento, eu não quero mais viver.
    Nunco falo essas coisas pra ele mesmo por que o que eu queria é que ele fosse embora, não suporto mais olhar pra ele e sentir que ele já não me ama mais.

  21. Roberto says:

    Há pouco mais de um ano reencontrei a minha primeira namorada, estavamos dez anos sem nos falar mas nunca a esqueci e nem ela a mim … Na epoca em que namoravamos eramos muito novos entao nao tivemos maturidade para levar a diante a relaçao, entao nos separamos .. Agora que nos reencontramos estamos apaixonados porem existe um problema, nesse meio tempo ela se casou e ainda está casada e com dois filhos … Moro no RJ e ela no Sul … Sei que ela me ama e que tem em mente se separar já que no casamento nao existe mais respeito e amor porem sei que ela tem medo de encarar a vida e recomeçar, principalmente porque ele usa as crianças quando ela fala em separaçao, pq sabe que é o ponto fraco … Enquanto isso eu fico de expectador, esperando que ela tome uma atitude, estou cansado mas a amo muito, na verdade sempre a amei mesmo quando estavamos sem nos falar … Durante esse tempo que nos estamos envolvidos, nos falamos todos os dias e quando dá, vou no Sul e ela no RJ, ela nunca me prometeu nada, até tentamos nos afastar mas nao conseguimos … Agora ela fala em separaçao e disse que posso esperar, o problema é até quando … Nao sei o que fazer, tb nao quero pressionar … Mas por outro lado ja to sem paciencia pra isso tudo … Por favor, me ajudem!

  22. Sol says:

    É muito triste depois de 11 anos de relacionamento, vc chegar a conclusão q td q investiu em termos de sentimento, foi jogado no lixo.
    As diferenças sempre existirão, porém há de se acreditar que elas serão minimizadas pelo amor, carinho, respeito, companherismo e principalmente pelo compartilhamento.
    É uma dor inescritível, vc ter a consciência de não ter sido valorizada em tudo que vc fez em prol do seu amor.
    É muito difícil aceitar q o seu amor acabou porque o outro não o cultivou como deveria, como se cuida de uma planta e aos poucos ela vai morrendo a ponto de ter que ser arrancada.
    O meu namorido, quando o conheci, eu quis e pensei que ele seria o meu companheiro pro resto da vida, já que nossos casamentos não havia dado certo e ele dizia a mesma coisa. Só que ele não se impôs pras filhas (que já são adultas, tem casada, tem casada e separada e tem mãe solteira, todas preparadas pra vida, mas morrem de ciúme dele (ou talvez tenham medo dele acabar com o patrimônio que tem com a namorada e ele não quer magoá-las), por essa razão ele permite que eu me sinta marginalizada.
    Pensei que o tempo faria ele ficar mais apegado a mim e inverter os papeis, pois é comigo que ele se realiza como homem e as filhas tem as suas vidas pra seguirem em frente, mas ME ENGANEI. Paciência. Estou até desanimada em pensar num novo relacionamento, acho que nem quero mais me apegar a ninguém.

    • Paula says:

      Oi Sol
      Como esta sua vida hoje ?? conseguiu resover o problema ??
      Preciso muito saber pois vivo algo parecido.
      Grata

  23. barbara says:

    eu tinha uma namoro de 6 meses , era tudo lindo no inicio, tudo mesmo .. a gente namorava pela distância quase todo fds ele vinha me ver mais eu nunca is ve-lo so quando meus pais liberavam mesmo , so que pra isso acontecer era muito dificil mesmo e isso por algum tempo imcomodava a ele , de eu nao poder ir ve-lo mais por algum tempo a gente foi levando essa situaçao , ele tbm aprontava bastante descobrir muitas coisas que nao me agradava sobre ele , perdoei ele por todas as vezes por que eu gosto muito dele , nisso a gente resolveu se encontrar pra conversa sobre a relaçao , que dums tempos tava ficando fria sem gosto nenhum isso da parte dele ;s , e a gente converso e ele me disse que tava enjoado da rotina dele vim me ver e eu nao poder todas as vezes ir pra lá , chorei mto sofri bastante .. até que conversei com meus pais e eles aceitaram pelo meu sofrimento , e eu ir ve-lo quando nao pudesse vim .. liguei pra ele e falei mais como mesmo dizem ” os bonzinhos sempre se ferram” :( , ele falo que estava confuso , pelos seus estudos e por varios problemas e que precisava pensar sobre a relaçao , aceitei de coraçao apertado .. os dias foi passando , entrava no msn me dava agonia pois a gente nem se falava , parecia que a gente terminou mesmo pra valer .. não aguentei e liguei pra ele falei pra ele decidir o que quer e ele disse que não tava com cabeça mais pra namorar e que era melhor terminar , chorei muito e desliguei o telefone .. passando dias eu sempre falava no msn com ele pra gente voltar que a gente era feitos um pro outro e varias coisas e ele sempre dizia que nao tava com cabeça mais e que nao adiantava ele ficar comigo sem querer .. to levando isso da maior maneira possivel .. ele nem se quer conversa comigo mais , falei pra gente ser amigos pelo menos mais nada adiantou falar , ontem fui conversar com ele novamente no msn falando monte de coisas lindas pra ele e ele realemnte não sei o que aconteceu com ele falou que não sentia a mesma coisa por mim e não ia adiantar ele ficar comigo sem ter a mesma paixao que euar de mim mas sentia por ele e que eu fui a primeira namorada dele e que ia ser dificil dele arranjar outra igual e que ainda pode ate gostar de mim ainda mais que nao como era antes e que tbm um dia ele pode se arrepender e ser tarde demais e o risco que ele ira correr .. ele disse isso .. :( aceitei tive que aceitar e ingulir isso aliás mesmo levando esses sofrimentos todos eu insisto nesse amor , não sei o por que gosto muito dele .. eu tenho esperanças , que muito voltar pra ele .. não sei o que eu faço gente :( ALGUEM ME AJUDA POR FAVOR EU PEÇO !

  24. Bruna says:

    Oi Bruno, eu lí a tua mensagem e me identifiquei muito com vc!! Eu também amo uma pessoa já faz mais ou menos seis anos, já encontrei essa pessoa algumas vezes , mas , só que agora agente se corresponde só pela internet.
    Quando , eu o conhecí, ele era solteiro e eu já era casada , foi uma paixão fulminante , daquela que acontece só uma VEZ na vida e digo sem medo de errar foi amor de verdade!!
    Mas, a nossa situação era muito complicada ,a gente morava em cidades diferentes, eu sou casada e também fiquei grávida do meu primeiro filho.
    Depois de alguns anos ele conheceu uma moça e agora mora com ela e já tem uma filhinha!! Nossa!!!! o chão me saiu dos pés!!! a sensação de perda foi terrível!! me sentí perdida!!! mas, mesmo assim, a gente continuou se correspondendo!! Teve uma época que eu percebí que ele me escrevia menos ou então só respondia quando eu escrevia!!
    Mas, mesmo assim eu sentia que ele gostava de mim!!! ele mesmo me dizia muitas vezes que me adorava!! que nunca ía me esquecer! que eu era a mulher mais especial que ele já tinha conhecido ! que ele sentia minha falta! saudades! etc… por mais , que ele se afastasse um pouquinho, mas eu sabia e sentia que ele pensava sempre em mim e não conseguia me esquecer!! Agora faz uns 13 dias que eu pedí pra ele vir até minha cidade pra gente se vêr e ele me escreveu , que apesar de ele me adorar, gostar muito de mim , sentir muito tesão, mas, ele não pode mais vir me vêr por que agora a situação dele é de casado e ele tem uma filhinha etc… Na hora eu não quis entender!!! Fiquei decepcionada e com uma dor de cutuvelo terrível!! mas, eu respondí pra ele que eu entendia todos os argumentos dele e que ía continuar sendo amiga dele!!
    Resumindo…. eu fiquei super dependente dele e ele de mim!! e eu percebí que ele queria ficar livre dessa dependência pra ser feliz com outra pessoa!! e eu não tiro a razão dele!! pois , que futuro ele iria ter comigo? sendo eu casada? Eu só sei que ele me dava tudo que meu marido não me dá! amor, carinho, atenção, tesão e tudo mais!! Agora, eu me sinto super triste , é como se uma parte de mim tivesse morrido!! sinto falta dos emails dele, sinto falta de escrever pra ele de novo!! mas, não posso mais fazer isso!! pois , essa dependência estava me fazendo mal!!estava me fazendo sofrer, por que todos os dias eu esperava por ele, por uma noticia , email , um boa noite, qualquer coisa!! e eu também pensei muito e agora sinto que essa dependência também fazia ele sofrer e por isso que eu resolví não escrever mais pra ele , está chegando natal e ano novo, eu vou ter que me amarrar na cama pra não escrever pra ele! todos os finais de ano, eu escrevia sempre pra ele , desejando boas festas!!! mas, agora estou decidida em pôr um ponto final nessa nossa história!! vai doer muito!! já está doendo!! ás vezes eu acordo no meio da noite agoniada pensando nele!! pura obstinência pela falta dele ,pela saudade e pela dependência!
    Eu acho também que ele mereçe ser feliz com a atual mulher! e eu não tenho o direito de atrapalhar a vida dele , por isso, é melhor eu sumir!! Se um dia a vida nos der outra chance de ficarmos juntos!! eu vou agarrar essa oportunidade com todas as forças que eu tiver, pois, quantas vezes eu joguei fora a nossa felicidade? quantas vezes eu disse não pra ele? pro meu amor? pro homem que encantou a minha vida? eu sabia que um dia tudo isso ía acontecer!! afinal, ele não ía ficar me esperando a vida toda….. eu só não sabia que ía doer tanto!!!
    **** Foi bom desabafar com vcs!!! Bjos!! Tudo de bom Bruno pra vc!!!

  25. Bruno says:

    Bruna, que história bonita e comlicada! Fiquei muito emocionado! Ainda tô muito sensível com o meu rompimento. Já não tenho mais nenhum compromisso com ela, no entanto, nos falamos todo dia. Me sinto responsável pela dor dela (ela ainda sofre muito) e faço de tudo pra que essa dor seja amenizada. Ja vai fazer um ano que estamos nessa situação. Eu poderia muito bem abandoná-la e seguir minha vida. Qual o pecado nisso? namoros acabam, é comum. Mas eu não consigo! Não me sinto no direito de ser feliz enquanto ela continuar nesse “luto”. Agradeço pelos seus cumprimentos e te desejo o dobro. Sua história é infinitamente mais complicada: envolve casamento e filhos! Mas pense em vc, se vc tá feliz no seu casamento etc. Muitas felicidades pra vc e pra todos. Obrigado

  26. Cristiane says:

    Vivo isto…muito difícil mesmo! Vou publicer no meu facebook.

  27. marcos says:

    oi gente eu to muinto triste minha namorada qui eu mais amor termino cm migo eu ñ sei o qui faze mais? eu ñ consico mais come da vontade pra nd! mais ela e a melho coisa da minha vida

  28. autonomo says:

    passei um ano com a pessoa que mais amava por briguinhas bestas terminamos gosto muito dela,. e acho que ela gosta de mim mas o que posso fazer para ela ficar comogo ela quer mas agente nao sabe como incarar issso estamos separados a 5 dias ..precisamos de ajuda nossos pais nao nos aprovam e agora

  29. Fernanda says:

    Oi eu estou namorando á 10 meses no começo era mil maravilhas mas agora está insuportavel.
    Conheci ele na faculdade e nossa gostava muito dele nossa sofri um monte por causa dele e passo quase três anos e dai começamos a namora serio nossa parecia que aqueles três que sofri por ele tinha realmente valido a pena pois estava muito feliz , mas o tempo foi passando e começaram as brigas terminamos não havia respeito entre nos qualquer coisa era motivo para brigas e chego em um ponto que terminamos e não passo uma semana e logo voltamos, e entramos em um concensso que deveriamos mudar que deveriamos seder e não levar tudo a ferro e fogo e voltamos mas parecia que não era a mesma coisa parecia ser diferente mas levamos, continuamos mas agora eu não quero mais ficar com ele ele não me faz mais feliz fico vendo minhas amigas saindo se divertindo e eu aqui com uma pessoa que não sei até quando vai dura tenho 21 anos e acho que tenho muito o que viver ainda e penso estar perdendo tempo com ele…
    depois que começamos a namorar engordei um pouco e ele em vez de me ajudar fica só me criticando tirando toda minha alta estima, sempre vejo algumas amigas minhas felizes com seu parceiros mas eu não estou feliz sempre quando vamos sair ele nunca me diz que estou bunita ele só sabe criticar, sempre acha um jeito de brigar e depois que me revolto ele joga a culpa toda em cima de mim que eu fico arrumando pretesto mas na verdade ele faz coisas que me deixa muito mal por ultimo ele não tem mais paciencia sempre irritado cheio de coisas para fazer e parece que esta cumigo por um tempinho é muito e logo quer ir embora, mas o problema é que não aguento mais isso me sinto muito mal nesse relacionamento sabe não tenho mais vontade de viver parece que ele sugo tudo minha alta estima e o pior ainda ta por vir
    quando falo que quero terminar ele não aceita fala que não é isso que eu quero ele parece ter razão de tudo e não aceita o fim relação por favor alguem me de uma dica, um conselho .
    Obrigada

  30. abandonada says:

    3 anos de casamento…tudo irá se acabar amanhã ele vai embora…
    entendo que o amor acabou para ambos….muitas coisas aconteceram até reconhecermos o triste fim…mentiras, traições, indiferença, humilhação, passei por cima de tudo para viver esse amor hoje as magoas são mais fortes que o amor..há algum tempo eu falei pra ele pra por um fim nessa relação mas ele naum aceitava…hoje finalmente acabou…como todo fim um colocando a culpa no outro…o q eu naum entendo é se eu sei q o amor acabou pq estou sofrendo tanto??? há um ano vivemos como dois estranhos
    um não sabe mais da vida do outro…os sonhos são diferentes e individuais…não fazemos mais nada juntos nem o sexo q no começo era tão bom…naum sei pq eu só sei q acabou e por mais dificil q me pareça nesse momento sei q será melhor assim…pra ele parece estar sendo tudo tão facil.. tão natural…mas pra mim literalmente eu terei q recomeçar …durante todo esse tempo eu só vivi pra ele ….sempre sozinha enquanto ele vivia a vida dele baladas amigos e eu sempre aqui com a minha solidão…
    “A hora mais dificil do amor é quando sabemos q ele tem que morrer, mas não temos forças para matá-lo”

  31. sandra says:

    gostei de entrar neste site, pois estou passando por uma fase muito, muito difícl. Estou separando depois de 12 anos de casada. Tanto o namoro como casamento, foi um conto de fadas.Sempre fomos de amantes, namorados, companheiros, parceiros a amigos. Ele trabalha viajando e , pelo menos, 15 dias fica fora. Aos poucos vinhamos nos afastamos, mas eu n percebia isso pq para mim isso é normal num casamento, ou seja, n temos filhos e as vezes eu assistia tv e ele na internet ou vice-versa. Eu n notava q isso incomodava a ele, pois na nossa separação ele falou sobre esse fato: que nós estavamos virando irmãos. Até no sexo, ele me falou q tinha esfriado, mas eu nunca percebi isso. Adquirimos um ap com muito sufoco, muita luta mesmo!tinhamos acabado de receber o ap, cerca de dois meses, e de repente, no seu retorno da sua viagem, ele veio estranho, diferente e com muita cautela, me disse q queria acabar q tinha se interessado por outra pessoa. Fiquei atônita! incrédula mesmo! até pq n passava na minha cabeça q um dia iriamos nos separar, pois da minha parte nossa relação era perfeita.E tanto era, q até hj muitos amigos n acreditam, pois ele sempre demonstrou , até com os olhos, muito amor por mim. Sofri e sofro até hj. Desestruturou td a nossa vida , pois acabei saindo do ap e alugando, pq era muito dodloroso p/ mim continuar num lugar q foi criado p/ nós dois!tentei conversar, solicitar um tempo p/ nós dois , mas ele me disse q sabia o q fazia ele feliz e disse q dariamos um tempo, mas q esse tempo n era p/ eu ligar p/ ele e vice-versa. Já tem 03 meses q estamos separados, de vez qm qdo ele me liga, mas a dor q está em mim é constante, a mágoa q ficou, a incredubilidade e a tristeza de qdo eu lembro q isso foi de uma hora para outra me dói demais.Me pergunto o q fiz , onde perdemos aquele foco de alma gêmea? n consigo entender

  32. Bia Bi says:

    Oi,
    Li as histórias de todos e gostaria que lessem a minha, pode ser de grande ajuda a vcs. Tenho meu casamento, um homem companheiro, trabalhador, me deseja e faz de tudo pra mim. Mas com tudo isto, eu amo ele, mesmo assim a “paixão”, maldita paixão que se vai com o tempo, aquele fogo, coração disparado, tesão, frio na barriga, pq isso acontece? Me envolvi com outra pessoa que tb era casada, ele com um filho, mas que nunca quis se separar por conta do filho, etc, ou seja, essa conversa de quem nunca quer se separar, judiei do meu marido, pq ele me via estranha e distante e mesmo assim tentava me ajudar, preocupava-se. Daí um golpe da vida, meu irmão 25 anos casado e com dois filhos se separou, ele era cego pela esposa, acreditam? Se apaixonou por uma menina 15 anos mais jovem, a esposa sofreu, implorou, chorou, mas de nada adiantou, ele se viu diante de uma grande dificuldade, não tinha onde morar, tinha saudades dos filhos, a pensão saia direto do salario, ficou sem grana e agora tem problemas com a moça mais nova, ela já dispensou ele duas vezes depois que foi morar na casa dos pais dela. O que isso tem a ver com minha história? É que me fez pensar naquele ditado “Cuidado com o que deseja”, talvez ele não soubesse que ter amor já é o bastante, que a gente pode se reiventar e encher a cabeça com outras coisas para não ficar pensando em outra pessoa. Ontem saí com esta minha paixão, e chorei muito a noite pq meu marido estava preocupado com minha dor de cabeça, o quão infeliz nós podemos ser quando uma vida a dois é invadida por mais alguém. Tenho fé que não vou atender os telefonemas e que tb não vou mais fazer ligações, ao menos pelo meu marido que me trata tão bem. Queria que meu coração entendesse o que minha cabeça pensa, o que é correto. Se vcs não sofrer não envolvam outra pessoa, se querem se separar façam isso por vcs, não esperem por um (a) terceiro (a) pra achar que vão ser felizes, esse é sabidamente o maior erro de todos. Se pudesse voltar no tempo, não teria dado aquele beijo, não teria deixado a janela aberta e o coração vazio.
    Espero que possa ter ajudado, sejam felizes.

  33. Adriana says:

    Oi pessoal! Estou passando por uma depre muito grande,Disse ao meu marido que nao o amo mais, acho que eu nunca amei, somos casados a 24 anos, casei gravida e ai se misturam os sentimentos. Pedi a separacao mas ele nao quer, disse que me ama muito e que podemos ser felizes, que e so eu querer, mas realmente eu nao sinto nada por ele, mas tenho medo ficar pior sem ele, de perder as amizades de ter que levar uma vida pior do que ja esta, Estou sofrendo muito, gostaria de ouvir uns conselhos, vcs acham que o amor pode resurgir?

  34. Simone says:

    tenho um relacionamento a quase 7 anos, e conheci ele mto nova, com 16 anos, temos um filho hoje, e foi a coisa mais maravilhosa q aconteceu, mas o nosso relacionamento ñ é mais o mesmo.. ele me trata mal, sempre ta cansado pra dar uma volta, ñ me ajuda em casa , sexo 2 x por mes, e estamos brigando mto tb por falta de dinheiro. estamos a 1 semana sem se olhar. oq eu faço? me separo , acho q só levo esse relacionamento pelo nosso filho. me ajude!

  35. daniel says:

    Olá! minha história ta complicada, se alguém puder dar uma luz, segue.. meu casamento que dura 4 anos sempre foi muito bom, cumplicidade, amizade e princialmente muito amor, minha esposa trabalho em banco e eu empresário e músico,decidimos ter um filho, ela ficou grávida, e neste período eu tinha um projeto muito próspero com minha banda, e ela conseguiu um patrocinador para este projeto que financiaria o CD clip e Marketing, até ai tudo bem, foram investidos mais de 150 mil reais neste projeto, já no fim da gravidez com clip e CD prontos e dinheiro investido em uma pequena parte com Marketing, que seria o essencial para o desenvolver do projeto, o dinheiro do tal investidor acabou, causando um grande transtorno com os músicos da banda, brigas cobranças etc… enfim.. o projeto se diluiu, acabou, isso tudo já no fim da gravidez, e eu começei a perceber uma angústia muito grande além do normal com minha esposa,e eu sempre tentando conversar com ela como: “deu o que tinha que dar” “não foi dessa vez haverão outros projeto” “vamos acreditar no futuro” ” nosso filhiho ta vindo aí, vamos nos dedicar só a ele” enfim procurei de todo jeito afagá-la com a decepção do fim da banda, mas nada que eu falava adiantava, ela cada vez mais caía em depressão profunda.
    Nosso filho nasceu graças a deus com muita saúde, e nada da melhora de minha mulher, e ao completar o primeiro mes de vida, veio a nóticia bombástica da inspetoria do banco em que ela trabalha, houve fraude em várias contas de clientes, manipulações, roubo e etc.. Resumindo todo o dinheiro supostamente que o tal investidor havia empregado na banda era proveniente disso.
    Eita!!! não entendi nada, alías agora entendi a angústia e depressão dela ná epoca em que a banda acabou acabando junto com todo esforço e risco que ela correu para juntar esse 150 mil reais com fraudes.. ai meus deus!!! pra mim foi um BAQUE!! pois nos meus 33 anos de vida jamais vivi algo parecido.emfim claro que tem detalhes nesta história mas pra resumir, hoje com nosso filho com 4 meses, vejo que não sinto o amor que sentia por ela antes deste acontecimento, não estou mais feliz apesar de ter um carinho muito grande por ela e apaixonado incondicionalmente pelo nosso filhinho que nada teve a ver com as feridas de meus sentimentos por ela, estou pensando até em me separar, vendo que dificilmente sentirei o mesmo por ela outra vez, ela me pede desculpas praticamente todos os dias, dizendo que realmente errou e muito, que se deixou levar pelas facilidades e falhas do banco, que o que ela queria era realizar um sonho meu e talz que o sucesso da banda ela poderia repor o dinheiro…ai ai,, mas olha a situação é complicada ou não é?? alguém pode dar uma luz no que devo fazer?? volto a dizer que tem detalhes que não falei aqui ainda..bjs aguardando conselhos..
    daniel

  36. Complicado says:

    Olá galera
    Entrei no google e digitei: é possivel apaixonar novamente pela pessoa que você convive ? E olha o que encontrei ? Esse site… Li todas as historias e posso dizer que nada é pra sempre, como sempre imaginei, nada é eterno.
    Eu tbem tô numa situação complicada e que parece nunca ter fim. Trai duas vezes e uma terceira vez a pouco tempo. Tá tudo mto complicado, vivo revendo meus conceitos de amor por ele, mas so chego a conclusao de que nao o amo mais, mas que acho que será pior ainda sem ele. Sou muito covarde pra jogar tudo pra cima e viver uma vida de solteira. Envolve tantas coisas: amigos, familia, bens e ai vou levando de barriga, tentando colocar na minha cabeça que ainda o amo e que podemos ser feliz, mas é tudo ilusão. Depois do amor perdido, nunca mais retorna o mesmo, fica apenas a amizade…
    Putz, muito complicado.
    Espero que consigamos resolver essas questões um dia…

  37. Bruna says:

    Ola!

    Estou vivendo um momento meio complicado, namoro uma pessoa a 10 meses nos conhecemos pela internet, eu moro no Brasil e ele em Portugal, o nosso amor era tão intenso que não sabia explicar a sensação boa de felicidade que eu e ele sentiamos era tudo muito intenso. Tudo isso ja sentiamos sem nos conhecer pessoalmente ficamos nisso nos comunicando por msn e web can por 6 meses até que resolvi ir ao encontro dele fui em janeiro/2011 foi tudo magico, quando nos vimos pela primeira vez é como ja nos conhecessemos pela vida toda. A minha viagem foi um sonho fiquei la por 15 dias quando voltei para o Brasil ai foi muito triste a minha vontade era de ficar e nunca mais sair de perto dele, ele também ficou muito emocionado com a minha partida so sei que nos dois ficamos muito angustiado e triste com tudo isso.
    Mas o amor continuou e continuamos a nos comunicar pela internet, telefone a vontade de ficar junto aumentava a cada dia. Ele havia se comprometido de vir me visitar dentro de 8 meses, mas como estava muito distante resolvemos diminuir tudo isso e combinamos que eu iria embora para Portugal e morariamos junto e viveriamos intensamente o nosso amor, so que agora faltando apenas 2 meses a coisa esta estranha em questão de dias ele esfriou não me liga mais com frequencia, quando entra na internet eu chamo e ele sempre diz que so deixou ligado ou entra quando não estou online, não me chama mais de amor, ficamos quase uma semana se nos ver-mos pela web can e perguntei sentiu a minha falta, e so responde também quando eu pergunto sinto que tem algo muito errado, quando questiono se esta acontecendo algo ele sempre diz que esta esgotado so isso de fato ele deve estar porque esta trabalhando em dois empregos tento abordar de outras formas pra não me tornar uma pessoa chata mas ele continua com o mesmo argumento. sinceramente não sei o que fazer so sei que estou me sentindo muito insegura, porque ja fiz acordo na empresa que ja trabalho a 7 anos, ja comprei as passagens so não me disfiz ainda do meu carro.
    Por favor me ajudem a resolver esse problema a minha vontade é de dizer olha senão quer mais seja sincero, mas posso estar so achando coisa. E isso pra mim é pessimo porque fico imaginando muitas situações.

  38. triste says:

    Namorei 6 anos. Um namoro dos sonhos. Há um mês ele disse que me acha linda,me ama , maas não tem atração,por mim, mas por outra pessoa. T o triste, me sinto sozinha. Ele já está com essa pessoa.E to tentando usar a lei da atração por que era muito feliz ao lado dele…

  39. rafael says:

    gostaria que todos soubessem que Deus é amor e só ele é capas de restaurar um casamento, pois ele não concorda com o divorcio em ipotese alguma,se estiver pasando por um problema assim busque a Deus de todo o seu coração e ele cuidara da sua tristeza, dor magua desepção e todos os seus sentimentos confie entregue sua vida nas mãos dele e com serteza ele cuidara de tudo,pode acreditar confie nele e o melhor por voce ele fara…

  40. CARLA DJ says:

    Gente tenho uma triste historia para contar,meu casamento de 12 anos chegou ao fim.vcs nem imaginam pq aff.tudo começou com traiçao a descoberta eu era uma mulher super amiga dava minha vida se possivel por meu marido engravidei fomos morra junntos ai la vem começou muitas coisas mentiras ele sempre mentindo p mim e eu sempre descobrindo a verdade mais insistia no amor q eu sentia por ele foram passando os anos em 2006 eu descobrir uma conversa dele no msn foi horrivel estava com uma mulher de maceio dizendo p ela q ela era maravilhosa eu nao prestava q bnem comigo dormia meu mundo desabou foi terrivel tive uma depressao mais os messes foram oassando perdoei.em 2008 la vem foi o pior ano da minha vida descobrir q ele tinha uma amante q ja durava 4 anos ele com ela foi assim ele trabalahava numa empresa so q ele viajava muito dizia q era a trabalho gente tudo mentira e eu no fundo desconfiava q ele estava com alguem mais meu amor por ele era tao imenso q eu sofria calada todas as noite s q ele ia viajar eu tomava varios remedios p dormir pq chorava a noite toda num certo dia em2010 eu fui ate o noot bok coloquei o nome da empresa q a dita cuja trabalhava e cliquei em procura lá vem a bomba saiu todos os emails e q ele mandava p ela desde2008 meu mundo desabou chorei fui ate ele e pedi p ele me deixar pq eu nao ia aguentar tamanha dor,ele tentou se descopar mais saiu de casa depois de alguns dias perdoei foi meu errro nunca mais acreditei enm uma palavra q ele me dizia e tinha certeza q ele ainda estava c ela.emfim foram anos de tristeza dei a volta por cima agora eu nao o amo mais ele me fez sofrer tanto q o amor acabou estou bem com dois empregos vivendo com meus filhos e el olhem só q aconteceu c ele esta desempregado teve q vender o carro mais ainda insiste em voltar quero nao perdorei ele demais agora é minha vez de ser feliz amo dançar vou p minha boate com meus amigos agora sim serei feliz..peço p todas as mulheres serem forte pq ninguem resiste a injustiça estou super forte e nao voltarei p ele se deus quiser e quer…fporça p vcs mulheres Deus é justo eu pedia todos os dias a Deus p deixar de amar ele e conseguir ….se alguem quiser entar em contato comigo sempre daeri palavra de força calmv@hotmail.com

  41. rayane says:

    Ha 18 anos vivo com uma pessoa que sempre teve seus fins de semana como soteirinho,sai na sexta volta de madrugada,no sabado sai so volta no domingo,alem da bebida descobri que usa drogas emesmo assim sinto pena de seprar por nossos filhos e pela casa que construiu com muito sacrificio,sera que podevemos viver na mesma casa por estes motivos pois nao ha mais amor sera possivel? gotaria que me ajudassem.

  42. CARLA DJ says:

    amor nao existe…

  43. CARLA DJ says:

    amar só faz as pessoas sofrer

  44. CARLA DJ says:

    o amor foi feito pra os idiotas….

  45. CARLA DJ says:

    amar nunca maissssssssssssssssssssssss….

  46. CARLA DJ says:

    se vcs pensam que irao encontrar uma pessoa maravilhosa kkkkkkk,coitados eles acabam sendo todos iguais só mudam de endereços..desistam do amor ou irao sofrer a vida inteira….palavras de uma mulher que sofreu por amor mais jamais sofrerá novamente….

  47. Ge says:

    Deixei de acreditar no amor há muito tempo, e passei a acreditar na capacidade que algumas pessoas devem ter de serem boas, gentis e de fazerem o próximo feliz. Sabe, na boa, não existe, quando você se entrega para alguém, deixa claro que é fraco, e ai, é a lei do mais forte. acho que nós somos vampiros, que não conseguem viver sem sugar a vida de outra pessoa. Acho que ou você suga ou é sugado. sem meio termo. quer saber, eu estou tentando sair disso tudo, apenas viver, não serei feliz por muito tempo do lado de ninguém mesmo, então, ficar aqui, quietinha, é com certeza mais vantagem.

  48. Dalila says:

    Confusa , é essa a palavra exata pra descrever o que eu sinto , eu namoro a 1 e 6 meses , que na verdade se parecem 10 anos. A minha história ? Ah a o inicio dessa minha historia é lindo nos conhecemos na faculdade , e era tudo que eu sonhava quando adolecente ” entrar na faculdade e conhecer aquele rapaz maravilhoso que eu vou namorar e futuramente me casar … doce ilusão a minha. o amor é um sentimento que não se explica , não se vê , não se pega talvez o meu maior erro , voi tentar ve-lo tentar pega-lo e nunca ter tentado senti-lo. Brigas e brigas foi assim o nosso começo, comecei a namora – lo com 18 anos tinha começado a vida , mas nunca gostei de ficar sozinha e quando o conheci , foi como se tivesse completado a minha missão , “encontrar alguém” ,é ai que agente se engana , as veses procuramos nas pessoas o que nunca vamos achar e se nao nao se tem a consciencia de que “nao vai achar a perfeição” você vive infeliz. Estamos em uma fase em que tudo me magoa , tudo , mulheres , amigas , pessoas , lugares , ciumes , gritos. Carência , talvez essa seja mais uma palavra que descreva também a minha situação , carencia de poucas palavras do tipo: ” Nossa voce esta linda ” , “Estou com Saudades” ,”Obrigada por ser minha companheira” , “Você é a pessoa Certa” ou até mesmo um EU TE AMO fora de hora , e nao somente ao termino da ligação, como se fosse uma obrigação. Tudo que eu faço chateia o Pedro tudo que falo , é motivo pra despertar nele a grosseria os gritos a falta de compreenão , ja cheguei a desejar encontra-lo na minha frente com outra pessoa tlvez assim eu teria força pra por um fim nele , por que eu sei que ele nunca vai mudar , nunca vai ser aquele homem cheio de atitudes e atenção comigo , um homem que vai falar baixo, que vai me pegar no colo e dizer vc é o meu amor , a minha mulher , ele nunca vai acariciar meus cabelos, ou nunca vai ter coragem de dizer em pulblico a respeito de seus sentimentos porque tudo isso o deixaria mais homem. Desanimada , mais uma palavra , as veses tenho a impresão que o que tinha que dar deu deu, que tem que acabar meu Deus, e empurrar com a Barriga nao da , isso faria muito mal pra mim e pra ele , confesso que nao tenho mas sentido vontade de dizer eu te amo ou que estou com saudades porque ja não se ainda me sinto assim. Perdida e sem Coragem de terminar essas são as ultimas palavras.

  49. Marcela says:

    É…em geral todos as pessoas que comentaram aqui iniciam com..”no começo tudo era perfeito..” ou ” quando namoravamos era lindo”…e comigo não poderia ser diferente, no começo tudo perfeito, foram 7 anos de alegria, felicidade extrema, compnheirismo…Porém foi só nos casarmos e ter nossa casa (com isso mais contas..aluguel etc) tudo mudou..Nunca ficamos bem financeiramente, e depois do casamento as contas só aumentando….Porém esse não foi o motivo das brigas e desentendimentos…Ele mudou de profissão, ficamos 1 ano longe do outro devido ao treinamento que ele teria que passar para exercer a profissão..Isso ajudou a esfriar nosso casamento…Ele sempre me procurou, sempre com palavras de amor de afeto mais eu queria mais…e queria flores…jantar a lz de velas, um presentinho fora de hora, sem data especial…Ir num motel, passear, sair da rotina…mais que nada..eu não falava, esperava ele adivinhar, e ele não fazia pq não achava que era preciso até que as brigas se tornaram cnstantes….A alguns meses ele confessou que BEIJOU outra garota no caminho de volta do trabalho dele (que fica a 4 horas de onibus da nossa cidade) Pra mim aquele dia foi decretado o fim do nosso amor, do nosso casamento..Fui conversar com uns amigos no dia, enquanto ele arrumava as coisas para ir embora, e ouvindo esses amigos falarem eu percebi (Deus me livre mais é verdade) que eu precisava passar por aquilo pois não estava dando valor para ele, e só depois que perdemos sabemos se gostamos ou não…Naquele instante senti um arrepio e pensei…Será verdade isso??? será que depois de uma traição poderemos ainda ser felizes….Voltei para casa, ele me disse que não teria como sair naquele dia mais que no outro ele ja não estaria mais ali….Conversamos, eu mais calma, e ele me disse que gostava de mim, mais que não me amava como antes…E eu na hora lembrei, como eu o maltratei,,esperava atitudes sendo que eu tinha ele, o amor dele…Estamos juntos, mais nada voltou ao normal, como antes..Ele não me procura como antes, ele me disse para eu ter paciencia…Eu assisti o filme a PROVA DE FOGO e tento fazer o que o filme propoe….Com amor tudo pode acontecer, e no caso o amor do meu lado, eu to tentando reconquistá-lo, to fazendo o que deveria ter feito antes, ser boa esposa, não criticar a profissão dele, trata-lo com carinho…qndo ele chegar com PEDRAs lhe darei flores..E assim vou seguindo..Descobri depois de uma traição que ele é o homem da minha vida, e ele descobriu com a traição dele que eu não sou a unica que o quer, que o desejo que quer beijá-lo….Agora eu deixei nas mãos de Deus…O pe. me disse não desista, pois quem desiste do casamento vive no pecado para sempre…Mais será melhor viver no pecado ou servir as palavras de Deus e ser infeliz…Pois amor não correspondido dói muito….
    Ele não me diz mais EU TE AMO, e antes quem não dizia era eu, ELE não vem por livre e espontanea vontade me beijar, e antes que não queria beija-lo era eu, dizia que ia tirar meu batom….É…pequenas atitudes que eu tinha que foi fazendo com que meu casamento acabasse….O tempo dirá se ficaremos juntos ou não….Não esta sendo fácil, ainda desconfio dele, mais tento não pensar nisso, pensando por um lado isso não é vida, vc ficar sempre em alerta pra ver se ele esta fazendo algo de errado, se esta ti enganando, se esta ti traindo….É bem dificil….E eu que achava que seria pra sempre e que o amor dele por mim e meu por ele NUNCA ACABARIA…ele me diz que se não quisesse mais ele não estaria mais em casa…mais as atitudes me mostram o contrário…Não sei o que faço…tem dia que penso em desisitir, no outro encontro forças e volto a minha luta, rezando e dizendo a ele o quanto o AMO…

    É isso ai, quem tem, cuide..pois amor exije cuidado, como uma planta..senão..MORRE

  50. fernanda sousa says:

    ola eu sou a fernanda tou muito triste e tou mal meu namorado acabou cmg pk a ex namorada dele esta gravida mas ele dis q gosta muido de mim mas n sabe o q fazer mas nos falamos sempre… o q faso

  51. Bruna says:

    Olá, meu caso é parecido com vários que li aqui. Sou casada há 20 anos e há um ano reencontrei uma pessoa por quem havia sido apaixonada na adolescência. Tivemos um reencontro maravilhoso. Aquela paixão voltou muito forte e ficamos juntos algumas vezes. Ele nunca se casou e afirma que nunca me esqueceu. Na verdade, não amo mais meu marido, embora tenha por ele muito carinho, admiração, respeito. Pedi a separação por duas vezes nesse intervalo de um ano e ele não aceita. O que posso dizer é que quando o amor acaba não existe culpados. Não adianta buscar explicação. Infelizmente o melhor é aceitar. Agir como meu marido está agindo só piora tudo. A dor de quem quer se separar e vê que o outro não aceita também é muito grande. Essa sensação de estar sendo a vilã da história é péssima.

  52. Poliana says:

    Não concordo com essa história de que, se é amor de verdade, nunca acaba. É claro que pode acabar sim, como qualquer outro sentimento bom. O fato de acabar não quer dizer que não tenha sido tranquilo, prazeroso, feliz…só que acabou e ponto. Não sei qual é a dificuldade das pessoas em aceitarem isso e ficarem dizendo que se acabou, é porque era paixão, admiração, amizade, companheirismo ou qualquer outro substantivo que não amor. Não vejo lógica alguma nessa constatação. Pode ser que fosse mesmo apenas uma paixão, mas pode ser que fosse mesmo amor, que agora não existe mais.

    Sentimentos, para se perpetuarem, precisam ser nutridos. Tanto sentimentos bons quanto ruins. Com o amor não é diferente. Clichês do tipo “amar é doar-se sem esperar nada em troca” caem bem para quem não se ama, isso sim. Quem, em sã consciência, gostaria de se doar e se entregar e não receber nada em contrapartida? Me desculpe, mas isso, para mim, não é amor, é burrice. Que eu saiba, relacionamento acontece a dois e não a um. Assim, pode haver amor que, não nutrido, se acaba. E qual é motivo para dizer que não era amor? Pode não ser amor da parte do outro, que não se doou, mas era amor da parte que se entregou, e que, por não ser correspondida, achou melhor colocar um ponto final na situação. É claro que essa pessoa pode ter se doado movida por outros sentimentos que não o amor, mas esse igualmente pode ter sido a mola propulsora de seu comportamento dedicado.

    Acredito que os que propugnam que o amor de verdade é feliz, tranquilo, confia e faz bem, estão certíssimos. Todavia, o fato de acabar não quer dizer que não fosse assim e que, portanto, não era amor. Quantas coisas e sentimentos bons, tranquilos e que nos fazem felizes, não se acabam? Muitos, à toda hora. Não sei porque com o amor seria diferente.

    O amor nos deixa iluminados, com os olhos brilhando, plenos com a vida. É dos mais belos sentimentos. Mas sua nobreza não justifica, nem ocasiona sua eternidade, porque não é mesmo eterno. E se é um bom sentimento, qual a lógica em não senti-lo várias vezes na vida, por pessoas diferentes? Acredito que para um relacionamento dar certo, só amor não basta, embora seja essencial. E se o namoro ou casamento acabou, não é necessariamente porque não havia amor, mas porque tantas outras coisas, sobretudo as circunstâncias da vida, podem ter minado o sentimento que, sim, existiu, mas morreu, como tudo aquilo que um dia viveu.

  53. ANA says:

    olha, namoro a 7 anos , e a muito tempo não amo mais, pois não existe confiança, respeito por parte dele. recentemente aconteceu um erro na minha vida, e ele disse que não iria me ajudar, sinto q estou sozinha, fala em casar mas só pensa em carro caro, aí não sobra dinheiro para o casamento, não posso sair em casa nem no portão da minha casa, não posso visitar minhas amigas , pois fala que estou o traindo.disse que não o amava mais,tentei terminar mas ele disse q ia suicidar. não sei mais o q fazer POR FAVOR ME AJUDEM, ME DÊ UMA SOLUÇÃO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  54. ANA says:

    CARLA DJ!, com certeza deus vai enviar uma pessa pra vc, não se desespere! sua hora vai chegar acredite!

  55. JOSI says:

    SEM AMOR NAO HA VIDA.. vivo um relacionamento de 5anos porem 1 de casada sou uma pessoa de facil convivio quem me conhece sabe aceito as opinioes e o modo de como as pessoas vivem acredito firmemente que o casamento nao e o fim da vida e o começo de outra acredito que ele seja um complemento em nossas vidas e que agora vc vai dividir o que faz com alguem nao 24 horas pois ninguem nasceu grudado com ninguem tendo respeito e confiança tudo se encaixa… pois bem o problema e quando o respeito a admiraçao e o carinho se vao atos e açoes tambem conquistam com o dia a dia pois meu companheiro se mostrou com o tempo ser uma pessoa fria, injusta,intolerante,ignorante e muuuuito egoista me desgostei dia pos dia fico feliz quando ele esta no trabalho e eu fico sozinha em casa gosto de ficar em lugares onde ele nao esta e o sexo virou uma tortura para mim chega a me doer o estomago, ele nao tem amigos nao enxerga um dia lindo de sol ou de chuva, friozinho nem tudo pode ser dito a ele mais ele tudo pode dizer … estou com os meus nervos abalados e totalmente perdida sei que a separaçao e o correto a si fazer nesse momento mais nao sei com faze-la como começar tudo dinovo e por onde começar… muito disso foi culpa minha pois achei que com o tempo ele poderia mudar mais nao foi bem assim fui dando chances e mais chances e nada mudou desisti de tentar e por isso essa rejeiçao por ele.. ao conhecer alguem analise os detalhes veja se pode conviver com ele veja o quanto bondoso pode ser esse coraçao e so depois siga em frente…nao vejo a hora e o momento de tudo isso acabar e eu voltar a sorrir dinovo felicidade me aguarde estou chegando!!!

  56. ana paula says:

    caros amigo estou casada a 10 anos me apaixonei por um internalta,mas graças ao bom Deus nao desfiz meu casamento isso aconteceu em 2010.agora em 2011 em agosto conheci um rapaz lindo saimos junto em uma tarde fiz tudo que nao podia amei foi tudo de bom em novembro reencontrei meu ex que namorei 7 anos foi como acender uma chama que estava no cantinho nao apagado mas guardado ai acendeu tudo denovo encontramos durante 2 meses saimos tranzamos foi tudo de bom .mas descobri que amo mesmo meu marido apesar de brigarmos nao termos as mesma combinaçoes mas ele me ama. nao me arrependo de nada que fiz creio que hasvezes temos que conhecer alguem fora do casamento para ver se o que queremos e ficar casada mesmo para nao atrapalhamos a vida da outra pessoa tambem apesar das traiçoes eu decidi que quero ficar csada apesar de tudo a vida sozinha no fundo no fundo e muito solitaria e cada dia e um dia amanha so a deus pertence e hoje posso dizer que estou muito feliz bjus !!!!! ana

  57. Aninha says:

    Nossa!!!
    Eu estou pasando uma situaação muito dificil. Vivo um casamento de 23 anos e que já deu tudo que tinha de dar. Tenho dois filhos lindos e agora tenho um neto.
    mas não sinto nada mais pelo o meu marido, não sei o que fazer, e pra complicar acho que estou gostando de uma outra pessoa e essa pessoa é mais jovem,ainda não tivemos nada pois não tenho coragem de trair. sinto muita vontade de ficar com ele não sei o que fazer, já pedir a separação mas ele não quer. Estou sofrendo muito, chorei bastante quando eu li a sua historia.Me dê um conselho vai por favor..

  58. paulinha says:

    como eu nao sou diferente de todo ser humano,tbm estou passando por um momento ruim.fui casada e me separei, traiçoes, mentiras e humilhaçoes foram marcantes no meu casamento, tenho uma joia que e minha filha a quem amo de paixao, o pai se e que posso chamar assim, nunca esteve presente em sua vida ,mas enfim, estamos juntas nessa caminhada,ate ai tudo bem, depois do meu casamento conheci uma pessoa, que tbm menti, mas me perdi nesse sentimento que hj ja nem sei oque e so sei que sinto sua falta, mas as vezes parece que ele nao esta nem ai, ja pensei em falar que arrumei outra pessoa ja que nao tenho coragem de terminar pois toda vez que vou falar com ele sobre o assunto ele fala que outro dia a gente conversa. ja nao sei o que fazer,so sei que estar doendo demais…
    help me.

  59. Dessa says:

    Pelo amor de Deus me ajudem, sai da minha cidade e vir morar com a pessoa que amo, ele 16 anos mais velho, aguardando a separação judicial a 5 meses, com todos esses problemas ele tem chegado estressado, irritado e terminou nosso relacionamento, continuo morando com ele, amando, tendo relações mais ele diz não me amar mais, (menos de dois meses morando juntos), ele me dá de tudo e vou morar com ele até o semestre acabar, não sei o que fazer, como o amor dele pode ter acabado tão rápido assim? o que eu faço?

  60. Sandro says:

    Estava casado a 8 anos, nos 2 anos ela traiu minha confiança, saiu para conversar com um cara, nao sei o que aconteceu de fato, mas sentir uma dor tremenda, minha confiança foi abalada. tentei mais 6 anos esqueçer esse incidente, mas descobri que o meu amor que pareçia que sentia por ela nao existe mais,e nesse intervalo encontrei uma pessoa da minha epoca escolar, ela esta divorciada e com um filho de 5 anos, e sinto que realmente eu encontrei o amor de minha vida, Orei bastante para obter resposta de Deus. e estamos com muitos planos pela vida. ja estou dando inicio ao processo de divorcio.

  61. Thais says:

    Eu sou casada a 2 anos, e faz 4 que nos conhecemos ja no inicio do meu casamento nao foi facil muitas brigas , e eu sempre fui uma pessoa romantica que gosta de carinhos, surprezas coisas simples sempre deixei isso claro ao meu marido mas ele nunca deu muita bola… Ate que um dia no meu trabalho, conheci aquela pessoa ele ja gostava de mim mas eu nao sentia nada ate que por um acaso a gente começou a conversar e manda mensagens, ao poucos fomos nos aproximando ate que pensei em me afastar mas infelismente ele mexe demais comigo … esta sendo dificil resistir cada vez mais eu gosto dele mas tbm gosto do meu marido, o que eu façooo?

  62. lala says:

    adorei amei muito parabéns…

  63. maria says:

    nao acho normal um casamento de 14 anos e o marido nao procura a esposa nao da carinho quase nao converssa diz que a mulher e a mulher da vida dele diz que ama muito ela como pode um homen chegar do trabalho e ver novelas e bola o dia todo como pode ser isso? nao da para entender nao no meu ponto de vista os homens parece que estam envertendo para viados porque se a mulher quer dar para o marido e ele nao quer e sempre anda afastado ou seija tem sempre outras coisas para fazer nao da atencao a esposa nao da amor nao da beijo nao abraca nao brinca com ela nao senta para vonvercar e nunca esta bem desposto a esposa trabalha resteita a cara dele fica sofrendo por amar demais o marido entam um homen assim o que e que quer com comida quente o esperando roupa lavada casa limpa filhos bem educados que mais ele quer de mim sera que e mesmo um par de chifres ? pois no meu ver tem homen que pede para ter os cornos na testa um dia a mulher canssa tudo tem um limite e a minha paciencia esta ficando esgotada :( a pessoa ja nao sabe o que fazer para o agradar impatiga e foda e muito conplicado nao da para entender!!:(

  64. maria says:

    quem sabe um dia voce ira dar o valor e vai ver que perdeu uma boa esposa por culpa da sua engnoracia por nao ter dado o valor! quem sabe um dia voce voce vai abrir os olhos tarde demais! nao pensse que voce ira me prender em sua vida vivendo enfeliz pro resto de sua vida ..todo o mundo tem direito de ser feliz ..melhor estar sozinha que mal acompanhada !nao troco o amore dos meus filhos por homen nenhum meus filhos estam a cima de tudo!! quem nao ama a minha filha e despreza! jamais pode falar que me ama e que eu sou a mulher da sua vida…voce casou com a pessoa errada ..meus filhos nasceram da minha barriga agora voce nasceu da barriga da sua mae a tua mae que te ature!!

  65. Lilia says:

    Não se preocupe, não. Quando a idade avançar e os hormônios não comandarem tanto mais os seus impulsos, talvez você compreenda melhor o que é a cumplicidade entre um casal. Possa ser que você entenda, finalmente, os relacionamentos que nasceram do fogo e, restando as brasas, souberam sobreviver por meio de outros estímulos.

  66. GRS says:

    oi sou casado a 26 anos. ainda tenho muito amor pela minha esposa, sempre fui fiel a ela, sei que no passado devido a meu trabalho passei muito tempo na empresa trabalhando para construir uma vida mais tranquila para minha família. hoje nossa filha é casada e nos deu uma netinha linda. eu quero viver com minha esposa até o fim da minha vida, mas ela disse estar confusa a respeito do sentimento que sente por mim, e pediu um tempo, meu mundo caiu to muito triste, ela disse que eu a sufoco que nao dou espaço pra ela que eu pego muito no pé dela, mas eu não sei como lidar com isso, pois tudo que eu faço é por nós. o que fazer.

  67. Joana Barbosa says:

    Olá! Eu gostava muito que me ajudasse! Estou a viver uma fase muito complicada. Eu conheci um rapaz muito especial há dois anos e me apaixonei por ele. Ele era super diferente, a maneira de ser dele cativava-me…enfim, para mim ele é a pessoa mais espectacular do mundo e a pessoa mais especial que eu já conheci. Ao inicio o sentimento não era tão forte como agora, mas foi crescendo e agora não consigo imaginar minha vida sem ele. O problema é que inacreditávelmente a nossa relação sempre foi de extremos: ou estavamos muito bem, ou estavamos muito mal. Em algumas coisas era super iguais e a nossa correspondencia em carinho, sexo, aconchego, apoio mutuo era praticamente 99%, mas parecia que havia sempre algo que nos fazia discutir e ficarmos chateados. Numa semana, estavamos mal, na outra estavamos bem. o engraçado, é que sempre que nos separavamos, voltavamos a ficar juntos porque as saudades corriam-nos por dentro e só queríamos ficar um com o outro. Basicamente foram dois anos de perfeição e zangas ao mesmo tempo. O que é certo é que ainda hoje estamos juntos e não vêmos a nossa vida um sem o outro. Sempre que ele acabou comigo por via de alguma zanga muito grande ou algo k nao tinha dado certo, eu só queria morrer, não comia, só desejava que ele voltasse de novo para mim, sonhava com momentos que queria que voltassem a acontecer e tinha muitas muitas saudades dele. Mas quando voltava para ele, ficava feliz ao inicio e depois começava a sentir uma tristeza muito grande dentro de mim que não sabia de onde vinha..e ao mesmo tempo, tinha a certeza que o amava e que era com ele que queria ficar…E hoje em dia, isso ainda acontece…Se ele acabar comigo, eu vou me sentir a querer morrer e vou querer tê-lo de volta, mas quando volto para ele fico a me sentir mal e com uma tristeza verdadeiramente sem motivos. Tenho a certeza que se não for feliz com ele não quero mais ninguém, e ao mesmo tempo sinto uma infelicidade extrema sem motivos, visto que tenho a pessoa que mais amo ao meu lado e que só quer me fazer feliz! Não sei o que se passa comigo e acho que o meu caso, é caso único, pois até hoje ainda ninguém me compreendeu :-( por favor me ajude a perceber o que se passa comigo :-(

  68. ane says:

    Bom…essas coisas de relacionamentos são dificieis mesmo….na minha opinião e experiencia já percebi que o amor verdadeiro vem somente com o tempo, do modo como vivemos com o outro, do jeito como o casal se trata, da vontade de conversar e contar td que um sente ao outro, como foi seu dia e desabafar td e perceber o qt a pessoa te compreende…uma pessoa que te faz sentir bem, que saiba te colocar para cima nos momentos dificieis, sabe aqueles dias que vc esta se sentindo a pior das criaturas e a pessoa te coloca no topo? daí com td isso o amor acontece, aumenta a cada dia…mas precisa existir aquele fogo tb, aquele tesão pela pessoa….a quimica que atrai…só q qd um pouco disso acaba acredito o amor acabar junto…

  69. poliana says:

    eu sou casada ta com 2 meses mas meu casamento nu é do melhor eu e meu marido bricamos muito. pq ele é muito seumento; mas o passado nois atrapalha muito!! ele pensa muito nu que eu fiz nu meus tempos de solteira; mas ele tambem errou!! claro todo muito erra, mas so que eu e ele nos amamos muito♥ amo ele mas que todo. do minha vida por ele! acredito que ñ conseguo ficar separada dele nei um minuto. isso so o tempo pode dizer que eu conguo ou ñ…. queria muito que nois dois fossemos felizes como outros casais.. mas ta muito dificil! da minha parte viveria o resto da minha vida com ele mas so que ele nu pensa assim como eu penso!1 nossis pensamentos são muito diferentes!! mas acredito que um dia Deus vai ajudar nois que seja um casal muito feliz!! bejimm♥

  70. roger says:

    sou casado há 17 anos. Conheço minha espoa a 21 anos. Nos casamos gostando sim um do outro. Eu realmente a amava e ela a mim. Acredito que apressamos um pouco nosso casamento, pois não estavamos ainda financeiramente estaveis, por causa da nossa religião: não podiamos ter relações sexuais fora do casamento. Assim casamos e posso dizer que, mesmo com todas as dificuldades, fomos felizes. Mas há 7 anos, mais ou menos iniciamos uma crise relacionada à nossa incompatibilidade espiritual. depois de tantos anos na igreja, comecei a questionar algumas coisas e ela não aceitou. sua sexualidade não era seu forte, logo eu não tinha as caricias que desejava da minha mulher. Me identifico um pouco com o Robert acima.Com a minha incredulidade, esta nossa aproximação sexual ficou critica, Mas fui levando em nome da fé e da fidelidade e da familia. Mas chegou um tempo que ela simplesmente não me dava atenção. A Igreja e as atividades intermináveis tomavam todo seu tempo. Eu fiquei sobrecarregado com as atividades domésticas, pois passava final de semana limpando e organizando tudo enquanto ela estava na igreja e ela ainda me cobrava por eu não estar lá. Meu amor foi minguando, meu desejo sexual por ela foi se tornando cada vez menor. Neste momento de crise, apareceu uma mulher no trabalho. E em momentos de fragilidade e carencia, nosso coração se escancara. Foi o que aconteceu. A mulher que conheci era extremamente elegante, 4 anos mais velha do que eu, sexy, bonita, e estava passando por uma crise também com seu ex. eu me penalizei com ela e dei um ombro amigo. então contamos nossas magoas um para o outro. sou muito certinho e ela me respeitava e respeita muito ate hoje. Me apaixonei. Disse tudo a ela, confessei minha paixão. Mas nunca ficamos juntos. Eu não consigo admitir a covardia de ficar com outra mulher enquanto estiver casado com minha esposa. Eu a minha nova paixao somos grandes amigos, intimos de contar um para o outro tudo sobre nossas vidas. Mas não fazemos nada que possa machucar os sentimentos alheios. Eu estou fazendo terapia, e estou tentando me apaixonar pela minha esposa novamente, mas com minha amiga trabalhando perto, fica simnplesmente impossivel. Minha esposa melhorou a sexualidade, abandonou a igreja e começou a cair na real do que de fato contribuiu para começar a destruir nossa relação. ela é apaixonada por mim e me diz isso todos os dias. Temos dois filhos de 15 e 11 anos e somos uma boa familia, sem problemas graves. Minha esposa acha que a crise acabou e não sabe nada sobre qualquer sentimento que eu possa ter por outra pessoa. Somente pede que, se eu sentir-me atraido por outra, não a traia; ” me avise e saia fora da minha vida” – diz ela. Ela esta certa. decidi então que viveria o resto dos meus dias esperando a paixão passar, e envelhecer com este sentimento de aperto no coração. Conversando com a minha terapeuta, ela disse que o estagio em que me encontro não parece mais paixão, mas sim amor verdadeiro. Tenho amor e carinho pela minha esposa como mãe maravilhosa e esposa querida que é. Mas o fogo avassalador eu sinto pela outra, embora nunca a tenha tocado de forma sensual. Não estou aqui pedindo ajuda, mas desabafando. Procurem um terapeuta e desabafem. Faz bem pra mente, pro corpo e pra alma. A culpa se atenua, você sente que é humano e está sentindo o que um humano sente. Não somos máquinas. Um abraço a todos e boa sorte em suas jornadas. se quiserem conversar, meu email é drix.rr@gmail.com

  71. Robertão says:

    vivo com uma pessoa a 15 anos e sempre vivi a frustração de esta pessoa deixar o sexo em segundo plano antes isso não me incomodava, mais o tempo passou e as frustrações se acumulando ,hoje tenho uma grande magoa dentro de min tenho uma vontade imensa de me separar ,mas ela é uma ótima companheira só não sente desejo de sexo totalmente ao meu contrario que sempre gostei muito,fazemos sexo 1 vez ao mes as veses 2 mas isso é terrivel.

  72. erlinda martins says:

    estou mi sentindo muito so mesmo ou lado do meu marido .ja faz 8 anos de casados, ele nao liga pra mim é egoísta e joga muito baralho , e diz que mi ama, deixou de bebe pois havia mi traido nas farras faz 8 meses q nao bebe, mas ta muito frio e broxa é ,… ta dificio minha cituaçao, eu sou louca por ele amo de mais , mas penso em mi separa pois sou muito ramantica é gosto muito de fazer amor.

  73. milesdavis says:

    oi. tenho quase 10 anos de casamento. houve algumas brigas desagradáveis no decorrer da nossa jornada. Temos uma filha q vai fazer 5 anos, dentro de alguns dias. Nesse momento ela está na casa da mãe, que fica em um sitio e vai passar 10 dias por lá. É muito ruim ficar confuso, sem norte, buscar saídas que parecem não ter fim. Eu sou culpado, ela é culpada, nós somos culpados. Já não há amor. Gostamos um do outro. Será que o amor pode voltar? Será que podemos renovar ou o melhor caminho a ser feito é partir para outra? Recentemente ela fez uma proposta de eu sair com outra. Se eu já era confuso, ai o tic-tac colou. Eu observo, acho legal, mas não tenho coragem de “pular a cerca”. E, realmente, espero não fazer isso. Que Deus abençoe a vida da minha filha, da mulher que vivo e da minha.

  74. marcelo says:

    oi acabei de largar, de um relacionameto de 6 anos e 11meses,m dificil não pela separação sim mais pq acabou o amor e temos um filho lindo de 3 anos , fui a mãe e o pai por esses 3 anos, mais o que mais machuca ela ter me agredidido e ter acabado o respeito não deixei o respeito acabar, pois nunca levatei a mão para minha esposa, apesar dela ja levantou varias vezes… mais pessoa a vcs toda calma do mundo e nunca deixe de acabar o respeito pq o respeito é a base de tudo!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Comente!